Trilhas de aprendizagem: desenvolvendo as competências e habilidades da equipe

As trilhas de aprendizagem respeitam a individualidade de cada colaborador no momento das capacitações e permite que eles determinem, junto à liderança corporativa, quais são os conhecimentos que devem adquirir para, de fato, se desenvolverem na empresa.


O que são as trilhas de aprendizagem e quais são suas principais características?

As trilhas de aprendizagem são um conjunto de ensinamentos integrados, sistemáticos e contínuos que promovem o desenvolvimento das competências técnicas e comportamentais dos colaboradores.

Logo que elas são implementadas na companhia, os participantes ganham autonomia para determinarem quais são os conhecimentos que devem adquirir para alcançar suas metas, as quais são traçadas em conjunto com a liderança corporativa.

Essas metas são acordadas em conjunto porque visa beneficiar tanto a empresa quanto os colaboradores, unindo o plano de carreira individual dos participantes às necessidades de treinamento e expectativas da companhia.

Portanto, para que as trilhas de aprendizagem sejam colocadas em prática de maneira eficiente, existem três características que devem integrá-las, conheça quais são a seguir.

Característica #1: flexibilidade

As trilhas possuem duas vertentes, a de modelo linear, onde os colaboradores devem cumprir todos os conteúdos de ensino para completar a trilha, e a de modelo agrupado, onde os conteúdos são divididos em grupos e as pessoas escolhem quais conjuntos de conhecimento percorrer.

Por meio dessas vertentes os participantes se sentem protagonistas do próprio aprendizado e se tornam engajados com a jornada pelo conhecimento devido à flexibilidade de ensino.

Inclusive, quando a empresa encontra uma solução em treinamentos corporativos que fornecem as trilhas em mobile learning, há também o ganho de flexibilidade em termos de horários e lugares para a capacitação, visto que tudo é feito através do celular.

Característica #2: experiência

A segunda característica diz respeito à experiência dos colaboradores antes e depois dos treinamentos em trilhas, sempre os estimulando a colocar os conhecimentos adquiridos durante as capacitações em prática na rotina da empresa, o que é mensurado por meio de indicadores de desempenho ou soluções próprias para esse acompanhamento.

É recomendado que a gamificação também esteja presente nas trilhas, engajando os colaboradores e os tornando comprometidos com o desenvolvimento e bons resultados, tudo graças às mecânicas de jogos que otimizam a experiência durante a jornada.

Característica #3: estímulos variados

Os estímulos variados servem para dar dinamismo às trilhas de aprendizagem, então diversos recursos são estruturados de maneira estratégica para os participantes, como áudios, videoaulas, meios de debate, atividades práticas e outras opções.

Em questão de estimular a realização dos módulos das trilhas, a melhor forma de entregar entregá-los é por meio de microlearning, assim o conhecimento é pautado de maneira objetiva e em módulos rápidos que duram cerca de minutos, capazes de reforçar o aprendizado e driblar a curva do esquecimento.

Além de tudo, as três características citadas acima são capazes de promover a cultura de aprendizagem contínua, estimulando os colaboradores a buscarem pelo conhecimento e desenvolvimento de maneira voluntária.

| Leia também: Cursos livres ou trilhas de aprendizagem: qual escolher para sua Universidade Corporativa?

Quais são os benefícios agregados à empresa por meio das trilhas de aprendizagem?

Como a intenção das trilhas de aprendizagem é unir as necessidades e expectativas da empresa aos planos de carreira e aspirações pessoais dos colaboradores, benefícios relevantes são conquistados através delas, como:

  • Aumento da performance dos colaboradores devido ao investimento em suas competências técnicas e comportamentais e, como consequência, impulsionamento dos resultados da empresa no mercado;
  • Estímulo ao autodesenvolvimento por meio da cultura de aprendizagem contínua, onde os talentos buscam constantemente por conhecimentos que agregam ao cargo;
  • Potencialização do aprendizado e a retenção do conhecimento com as soluções citadas nas características das trilhas;
  • Maior percepção de carreira enquanto os colaboradores completam a jornada de conhecimento pelas trilhas de aprendizagem;
  • Favorece o padrão de qualidade dos talentos da empresa e nivela os conhecimentos necessários para a companhia;
  • Promove o alinhamento dos objetivos e metas de ambas as partes, tanto da companhia quanto de seus colaboradores;
  • Respeita a individualidade dos talentos e os desenvolve de maneira diversificada.

Inclusive, é válido citar que o investimento no capital humano é capaz de agregar vantagem competitiva à empresa ao melhorar o employer branding, atrair e reter talentos e combater as taxas de rotatividade na companhia.

mulher segurando celular e sorrindo para a câmera

Como colocar a trilha de aprendizagem em prática nas empresas?

Existem seis dicas que devem ser colocadas em prática nas empresas para que as trilhas de aprendizagem sejam implementadas de maneira eficiente, possibilitando que todos os benefícios abordados anteriormente, sejam conquistados pela companhia.

Para conhecer quais são essas dicas e compreender como colocá-las em ação, acompanhe agora o conteúdo abaixo.

Dica #1: conhecer os colaboradores da empresa e suas lacunas de conhecimento

Conhecer os colaboradores da empresa faz parte do processo de compreender quais são suas ambições e planos de carreira para alinhar suas capacitações às necessidades e expectativas da empresa.

Portanto, a primeira dica para ter sucesso ao colocar em prática as trilhas de aprendizagem nas empresas é conhecer os talentos da equipe, assim como suas habilidades e competências atuais e lacunas de conhecimento, disponibilizando os conteúdos certos para completarem as trilhas com eficiência.

Dica #2: estruturar a trilha de aprendizagem em níveis de dificuldade

As trilhas são um método sistemático e contínuo de aprendizagem, por esse motivo a estruturação dos módulos deve ser projetada para que haja níveis de dificuldade e graus de importância. 

Essa estrutura deve ser fluida para que os colaboradores se desenvolvam naturalmente e, além disso, tenham atividades que estimulem sua evolução.

Dica #3: proporcionar diversas abordagens de ensino

Estudar as possibilidades de entregar conteúdos dinâmicos e atrativos para combater a distração dos participantes durante os módulos é uma opção interessante para prender a atenção de cada um.

Logo, essa terceira dica diz respeito à utilização de vídeos, áudios, jogos e outros recursos capazes de aumentar o engajamento e estimulá-los a completar a jornada de conhecimento nas trilhas de aprendizagem.

Aqui, conhecer os talentos da empresa é importante para determinar quais são os recursos que melhor se encaixam ao perfil deles.

Dica #4: elaborar um bom storytelling

Assim como as diversas abordagens de ensino são capazes de chamar a atenção dos colaboradores e engajá-los nas trilhas, o storytelling também é uma excelente maneira de prendê-los nos conteúdos.

Quando uma história é contada, os participantes se envolvem com o enredo e querem acompanhar o desfecho do personagem, otimizando suas experiências nas trilhas e fazendo com que os conhecimentos adquiridos sejam, de fato, fixados. 

Dica #5: acompanhar as métricas de desempenho dos colaboradores

Mesmo após as trilhas, acompanhar as métricas de desempenho dos colaboradores é essencial para determinar o ROI em treinamentos, a evolução de cada participante nas trilhas e na empresa e possíveis lacunas que não foram identificadas anteriormente.

Atualmente existem soluções em capacitações corporativas que simplificam esse acompanhamento. Para conhecer mais sobre elas, confira a próxima dica.

Dica #6: contratar uma solução confiável em treinamentos corporativos personalizados

As trilhas de aprendizagem devem ser compostas por módulos bem estruturados para atender as necessidades das empresas e de seus colaboradores, como já visto no início deste artigo. 

Sendo assim, a personalização dos conteúdos disponibilizados nas trilhas é parte indispensável dos treinamentos porque atendem a demanda única apresentada por cada companhia.

No entanto, como encontrar uma solução em capacitações corporativas que atenda as demandas apresentadas por cada empresa? A resposta: Niduu

Nós, da Niduu, elaboramos as capacitações apropriadas para as trilhas de aprendizagem da sua empresa e usamos a gamificação, o microlearning e o mobile learning para engajar os talentos, fazê-los reter o conhecimento e promover melhores resultados para o seu negócio.

Inclusive, também disponibilizamos o acompanhamento do desenvolvimento dos colaboradores de maneira individual, o que coloca em prática a dica citada anteriormente, onde os líderes e gestores têm fácil acesso e visualizam a evolução de cada um de maneira simplificada.

Conclusão

Todas as equipes têm a chance de percorrer as trilhas de aprendizagem, independentemente do setor ou cargo que ocupam, pautando desde a diversidade e inclusão na companhia até a LGPD, tudo depende da necessidade apresentada pelos seus membros e empresa.

Se você busca melhores resultados no mercado ao desenvolver os colaboradores da sua companhia, entre em contato com a Niduu e comece a elaborar o treinamento adequado para a sua empresa e os seus talentos agora!

Banner sobre Planilha de avaliação de treinamentos

Fonte: Niduu - Disseminando Conhecimento.

Niduu Somos uma startup de Educação Corporativa com uma solução que consegue treinar todos os colaboradores de qualquer nível de forma contínua, dinâmica e efetiva com base na Microlearning, Mobile Learning e Gamificação.

Comentar
Compartilhar