Volta às Aulas: Venda Mais com os Produtos Certos para seu Varejo

A volta às aulas é um período que deve ser explorado por todos os comércios varejistas, simplesmente pelo fato de que muitos alunos estarão comprando novos materiais para a escola, gerando um lucro significativo para o seu negócio.

Logo, é fundamental contatar os seus fornecedores para garantir o estoque e as mercadorias para serem comercializadas nesse período e, inclusive, fornecer os produtos certos que fazem parte da lista de materiais que a escola disponibiliza para os pais.

materiais de volta as aulas

Aqui, você será capaz de descobrir:

  • Como aproveitar a volta às aulas e quais são os itens para você ter para venda no seu estabelecimento;
  • Organizar as gôndolas de acordo com o melhor planograma para a demanda;
  • Como uma parceria com a escola pode te auxiliar a lucrar ainda mais.

Vamos adiante?

Produtos Certos para o Volta às Aulas

Os produtos para volta às aulas que o seu comércio precisa oferecer incluem cadernos, lápis, mochilas e muito mais. O essencial é identificar a necessidade do seu público e suprir com os materiais certos para o retorno das aulas.

Inclusive, as marcas Top of Mind precisam compor os itens escolares que devem ser oferecidos no seu estabelecimento. 

Essas são marcas que os consumidores consideram confiáveis, sendo as mais reconhecidas e havendo a possibilidade de captar mais vendas com elas. 

Portanto, invista em produtos com marcas valorizadas para serem comercializados no seu varejo. Conheça algumas:

  • Tilibra - essa marca é muito reconhecida pelas agendas escolares e cadernos.
  • Faber Castell - para lápis de cores, lápis de escrever e canetinhas coloridas, essa é a marca mais indicada entre os consumidores.
  • Bic e Pilot - essas marcas são muito conhecidas por suas canetas.
  • Chamex - algumas escolas ainda pedem que os pais enviam papel sulfite para seus filhos realizarem atividades, essa é uma marca que possui variedades de folhas e atende a necessidade de todos.
  • Acrilex - para crianças pequenas, é comum que a escola peça tinta guache e giz de cera, pois então, essa é a marca certa.

Agora, conheça os materiais que o seu comércio varejista precisa oferecer para lucrar mais com a volta às aulas:

  • Cadernos, fichários e agendas escolares;
  • Canetas, lápis de escrever, lápis de cores, borrachas, apontadores e lapiseiras;
  • Tesoura sem ponta e cola bastão ou líquida;
  • Papel sulfite e folhas para fichário;
  • Tinta guache, giz de cera e massinha para modelar;
  • Mochilas, bolsas, lancheiras e estojo com várias opções de quantidade de zíperes;
  • Pastas para guardar atividades.

É interessante fornecer opções de marcas para os clientes, porém, sempre forneça as Top of Minds. 

Lucre mais no Período de Volta às Aulas

Como você pode perceber, é fundamental haver marcas valorizadas pelo público e que já tenham a sua confiança. Dessa forma, há mais vendas e mais lucros para o seu comércio.

Porém, não basta montar um estoque com produtos reconhecidos, é necessário saber realizar a sua disposição nas gôndolas do estabelecimento de uma forma que atraia os consumidores.

Inclusive, como essa é a temporada certa para comercializar materiais de volta às aulas, é interessante localizá-los em uma zona fria da sua loja. Vamos aprender mais sobre isso a seguir?

Exposição de Produtos nas Gôndolas

Em primeiro lugar, haverá uma explicação abaixo sobre o que são as zonas frias e zonas quentes de um estabelecimento comercial. Com isso, você compreenderá o motivo de ser interessante colocar os materiais em locais considerados frios, confira:

  • Zonas quentes - esses são os locais em que a maioria dos consumidores passa, como, por exemplo, a entrada da loja, as primeiras prateleiras e o caixa.
  • Zonas frias - por outro lado, as zonas frias são as de menor movimentação na loja. São zonas mais distantes da entrada e do caixa.

Agora, a estratégia é a seguinte: localizar os materiais escolares de marcas reconhecidas nas zonas frias para que, dessa forma, o seu público passe pelas outras gôndolas do seu estabelecimento, criando a possibilidade de comprarem mais itens.

Inclusive, podem ser produtos que os próprios clientes não sabiam que precisavam, anteriormente. No entanto, os vendo expostos em sua frente, optaram por colocar no carrinho de compra.

exposição de produtos volta as aulas para vender mais

Pois então, o layout do varejo para materiais de volta às aulas deve ser organizado por categorias e subcategorias, como:

  • Cadernos, fichários e suas folhas, agendas escolares, papéis sulfite e pastas.
  • As canetas, lápis de escrever e de cores, borrachas, apontadores e lapiseiras. Aliás, os estojos podem ser incluídos nessa categoria, mas como uma subcategoria.
  • Tesouras sem pontas, colas bastão ou líquidas. Aqui, podem incluir, também, as tintas guache, gizes de cera e massinhas para modelar.
  • Mochilas, bolsas e lancheiras.

Lembre-se de colocar os produtos que possuem mais relevância na altura dos olhos do consumidor. No caso, geralmente são os cadernos, os quais também possuem mais opções de estampas e quantidade de folhas.

Se o seu comércio varejista possui balcões de vidro, essa pode ser uma excelente opção para colocar os produtos da categoria de canetas e tesouras. Por outro lado, se não houver, utilize das gôndolas normalmente, separando pelas subcategorias.

Por fim, a categoria de mochilas fica, geralmente, localizada acima das gôndolas ou abaixo.

Uma dica: utilizar de placas de identificação de produtos no seu comércio, oferecendo praticidade ao consumidor na hora de encontrar o que busca.

Fazendo Parcerias com as Escolas e Vendendo Mais

Por que não fazer parcerias com escolas? Dessa forma, o seu estabelecimento varejista consegue captar mais clientes e, consequentemente, aumentar a lucratividade do negócio.

Logo, para isso, basta se apresentar no colégio com uma proposta de parceria, fornecendo algum desconto cabível para os pais que comprarem toda a lista de material com a sua empresa.

Após a parceria ser fechada com a escola, é aconselhável que a lista para a volta às aulas de cada classe seja enviada para o seu estabelecimento e, a partir de então, orçamentos sejam montados com as opções de marcas disponíveis.

Com o orçamento nas mãos dos pais, bastará que eles solicitem os materiais, recebam o desconto e façam o pagamento. Muito mais prático, além de conquistar mais consumidores.

Agora você já sabe como aproveitar a volta às aulas para tornar o seu estabelecimento varejista um negócio mais lucrativo nessa época do ano!

Fonte: Niduu - Disseminando Conhecimento.


Comentar
Compartilhar