Descubra quais são os benefícios de um onboarding gamificado e como implementá-lo na sua organização através de cinco etapas eficientes.

O onboarding gamificado é uma das principais maneiras de reter os novos talentos na companhia, combater a rotatividade de colaboradores e otimizar o capital humano da instituição, trazendo diversos resultados positivos para o negócio.


Por si só, o onboarding é o momento em que a integração dos novos talentos é realizada na empresa. Quando a gamificação é implementada dentro deste processo, as mecânicas de jogos são adicionadas à integração dos recém-contratados.

Essas mecânicas são responsáveis por engajar os participantes do onboarding e, como consequência, desenvolvê-los e aperfeiçoá-los como pessoas e profissionais, o que representa uma enorme vantagem competitiva para as organizações.

As mecânicas que envolvem a gamificação incluem:

Portanto, através das mecânicas citadas acima, pode-se afirmar que é possível manter os colaboradores motivados em seus cargos e, inclusive, simplificar sua aprendizagem no momento de realizar treinamentos corporativos de qualquer natureza.

Quais são os benefícios de um onboarding gamificado?

Uma vez que se coloca um onboarding gamificado em prática, além de todas as vantagens de um processo de integração comum, mas bem elaborado, também é possível conquistar outros benefícios.

A seguir você tem a chance de conhecer quais são estes benefícios e o que eles agregam à sua organização, acompanhe.

Benefício #1: retenção de novos talentos e redução de rotatividade

Já sabemos os altos custos gerados de uma má contratação, como a demissão do colaborador, a necessidade de realizar um novo processo seletivo e uma nova integração, não é mesmo? 

No entanto, quando há um onboarding gamificado bem estruturado e com boas estratégias de integração, a rotatividade dos colaboradores é minimizada naturalmente porque se sentem engajados, motivados e parte da organização.

Quando a empresa investe nos colaboradores dessa maneira, a retenção de talentos acontece e o turnover é combatido, o que nos leva para o segundo benefício abaixo.

Benefício #2: otimização do capital humano da empresa

Temos que concordar que um dos principais desafios das organizações é reunir uma equipe capacitada e bem qualificada para atender no negócio, não é mesmo? Mas com o onboarding gamificado, isso se torna possível.

Através de um processo de integração com mecânicas de jogos, além dos novos talentos se sentirem muito bem-vindos pela empresa e realmente parte do time, também têm a oportunidade de realizarem treinamentos corporativos altamente engajantes para estarem bem preparados para as atividades do cargo.

Logo, pode-se afirmar que o onboarding gamificado é capaz de otimizar o capital humano das organizações, e não somente os recém-contratados, mas todos os colaboradores da empresa também.

Benefício #3: aumento da produtividade e da qualidade de serviços

Como consequência do benefício anterior, novos colaboradores que são bem capacitados para atender a demanda de serviços da organização e vivenciarem sua rotina de trabalho com facilidade apresentam maior destreza na questão de se integrarem com equipes que são mais antigas no negócio.

Uma vez que isso acontece, o time se fortalece e aumenta sua produtividade e qualidade de serviços, visto que bons colaboradores que trabalham em equipe atingem as metas com mais facilidade e trazem bons resultados para a empresa.

Benefício #4: minimização de possíveis falhas em processos

Durante as atividades gamificadas, independentemente se ocorrem durante o onboarding de novos talentos ou se é durante uma atualização de aprendizagem aos colaboradores que já fazem parte da empresa, é possível simular situações realistas que fazem parte das tarefas de rotina dos profissionais.

Dessa maneira, os colaboradores ganham um conhecimento aprofundado em seus cargos, fazendo com que estejam realmente preparados para assumir as atividades do cargo sem que haja falhas ou erros humanos nos processos.

Benefício #5: fortalecimento da cultura organizacional da instituição

Não poderíamos deixar de citar como um onboarding gamificado bem estruturado e implementado nas organizações é capaz de fortalecer a cultura organizacional da instituição, principalmente para os colaboradores e recém-contratados.

Por meio das estratégias alinhadas entre o processo de integração e a cultura do negócio, todos os profissionais que integram a empresa se sentem valorizados, com o sentimento de pertencimento ao negócio e motivados em relação às metas e objetivos da organização, tudo de maneira integral.

Logo, quando há um capital humano bem qualificado e preparado, que sabe que é importante para a instituição que atuam e conhecem seu valor, a cultura organizacional é cada vez mais fortificada.

As 5 etapas para realizar a implementação de um onboarding gamificado na sua organização

Quando se trata da implementação de um onboarding gamificado na sua organização, existem cinco etapas que devem ser compreendidas e seguidas para que não ocorram falhas no processo. 

Por meio destas etapas, o onboarding de novos talentos se torna assertivo e eficiente, então acompanhe cada uma delas a seguir.

Etapa #1: apresentar a gamificação aos colaboradores

Apesar de que a gamificação está sendo bastante comentada atualmente, ainda é uma solução recente para as organizações e para os profissionais do mercado. Por esse motivo, é importante que seus mecanismos sejam apresentados aos colaboradores, principalmente para aqueles que estão envolvidos diretamente nos processos empresariais gamificados.

Essa divulgação é realizada exclusivamente de maneira interna e pode ser colocada em prática da seguinte maneira:

  • Explicar aos colaboradores o que é a gamificação;
  • Esclarecer como a gamificação funciona na prática, como seus mecanismos e sistemas de pontuação;
  • Mostrar aos talentos quais são as premiações e recompensas que cada um conquista ao completarem uma atividade gamificada.

Etapa #2: determinar quais são as metas da organização

Para que o onboarding gamificados de novos talentos atinja a eficiência esperada, é fundamental pensar em todos os detalhes de treinamento para os recém-contratados, por exemplo:

  • Como é a cultura organizacional da empresa e como transparecer isso aos talentos?
  • Quais são as expectativas em relação às novas contratações?
  • Como estes novos colaboradores auxiliarão a empresa a atingir as metas da organização?

Com a resposta dessas perguntas, torna-se possível desenvolver uma integração de sucesso que garanta os resultados esperados pela empresa porque determina quais são as estratégias que devem estar presentes aos recém-contratados durante o onboarding.

Etapa #3: conhecer cada talento da equipe

Um dos detalhes mais essenciais para atingir a eficiência no onboarding gamificado e em todos os treinamentos corporativos da sua organização é investir em conhecer quem são os talentos da equipe, como o seu perfil comportamental.

Ao conhecer quem são os seus colaboradores, o processo de elaboração da capacitação se torna mais simples, principalmente para determinar quais são as premiações e recompensas oferecidas no negócio. 

Quando se escolhe as recompensas certas para cada talento, ele se torna mais propenso a se engajar durante a gamificação e, como consequência, alcançar melhores resultados na empresa.

Etapa #4: elaborar e implementar o sistema gamificado na instituição

Depois das etapas de estudo e planejamento citadas acima, chega o momento de elaborar o sistema gamificado da sua organização. Então é preciso determinar quais são as regras, qual é o modus operandi e quais são os motivadores da gamificação. 

Para elaborar um programa de qualidade, é importante investir em soluções e materiais eficientes, como o microlearning e o mobile learning. Para isso, não deixe de entrar em contato com a Niduu, a qual também te auxilia na implementação do sistema gamificado na sua instituição.

Lembre-se, o mais recomendado é que a integração e os treinamentos corporativos sejam desenvolvidos de acordo com os seus colaboradores, havendo a necessidade de personalizá-los para atingir melhores resultados, e a Niduu te dá suporte para isso.

Etapa #5: acompanhar e analisar os resultados

Por fim, a quinta etapa é uma das mais importantes porque determina o andamento e o sucesso do onboarding gamificado da sua empresa.

Através do acompanhamento e análise de métricas, as quais são disponibilizadas no sistema de gamificação da Niduu, pode-se determinar os resultados alcançados por meio das estratégias adotadas na integração e na capacitação dos colaboradores.

Com isso, ajustes e otimizações podem ser feitas para se alcançar cada vez mais eficiência no processo de onboarding de novos talentos.

Conclusão

Chegamos ao final de mais um conteúdo e agora você sabe o que é um onboarding gamificado, quais são seus benefícios e as cinco etapas para realizar a sua implementação com eficiência na empresa.

Agora entre em contato com a Niduu e saiba como nós podemos dar suporte nessa implementação de sucesso!

Banner da Niduu, plataforma de treinamento corporativo, com um smartphone exibindo uma tela de aplicativo com microlições gamificadas.

Fonte: Niduu - Disseminando Conhecimento.

Niduu Somos uma startup de Educação Corporativa com uma solução que consegue treinar todos os colaboradores de qualquer nível de forma contínua, dinâmica e efetiva com base na Microlearning, Mobile Learning e Gamificação.

Comentar
Compartilhar