7 Dicas para Otimizar o Programa de Treinamento Corporativo da sua Empresa

Um programa de treinamento corporativo precisa ser atrativo, engajante e agregador aos colaboradores.

Atualmente, os treinamentos tradicionais estão sendo substituídos por plataformas online que economizam no investimento e trazem melhores resultados de aprendizagem. 

Nós sabemos que é desafiador identificar os GAPS de conhecimento dos colaboradores e, para isso, criamos uma planilha que levanta a necessidade de treinamento da sua equipe aqui.

programa de treinamento corporativo

O fato é que, depois de analisar quais são as fraquezas dos profissionais da sua empresa, é preciso optar por capacitações de qualidade, envolventes e engajantes, e se certificar de que o ensino está ocorrendo como o esperado.

Com a intenção de otimizar o programa de treinamento corporativo da sua empresa, reunimos dicas valiosas para elevar o nível de desempenho e performance dos colaboradores do seu negócio e conquistar resultados reais para a sua empresa.

Dica #1: Utilizar o Blended Learning no Programa de Treinamento Corporativo

O Blended Learning é uma excelente maneira de ensino quando se trata de educar profissionais de maneira presencial e virtual, até porque algumas habilidades e competências precisam ser colocadas em prática para serem fixadas.

Há um artigo publicado pelo Times Higher Education World University Ranking onde mostra que o ensino combinado se tornou o “novo normal” da população durante a pandemia da COVID.

Dica #2: Mensurar o Aprendizado dos Colaboradores

Além de ser necessário analisar as fraquezas dos colaboradores para saber qual é o melhor treinamento para eles, também é preciso mensurar o aprendizado durante e após a capacitação.

Você pode fazer isso por meio da planilha de controle de treinamento e desenvolvimento e usar a planilha de avaliação de ensino depois que os profissionais finalizarem a capacitação.

Mensurar é uma atitude fundamental para:

  • Acompanhar o progresso de cada colaborador durante o programa de treinamento corporativo;
  • Identificar as lacunas de conhecimento de maneira  individual e, assim, surgir com soluções personalizadas;
  • Reconhecer o esforço de seus colaboradores e recompensá-los pelas suas vitórias.

programa de treinamento para colaboradores

Dica #3: Planejar os Caminhos de Aprendizagem

Em muitos casos, seus colaboradores precisam de mais de um treinamento para suprir os GAPs de conhecimento. Então prepare um programa com vários aprendizados distintos e pensados para evoluir os profissionais.

Inclusive, é possível pensar nos caminhos de aprendizagem junto dos planos de carreira.

Também converse com os colaboradores para ouvir suas dificuldades e adicionar cursos para suprir tais lacunas no programa de treinamento. 

Tenha consciência de que cada profissional tem seu próprio nível de conhecimento e, assim, não é porque estão na mesma equipe que, necessariamente, precisarão cumprir o mesmo caminho de aprendizagem.

Dica #4: Elaborar a Declaração de Missão da Empresa

A declaração de missão da empresa é um documento onde a companhia descreve seu propósito, como as ações do negócio, seu objetivo geral e orientações sobre a tomada de decisões.

Portanto, para escrever a declaração, você precisa entender qual é o propósito do treinamento e quais são as metas que sua empresa deve alcançar com colaboradores capacitados.

Com esse documento feito, você sentirá segurança de implementar o programa de treinamento entre os profissionais e realizar as avaliações de aprendizagem.

Lembre-se de ser flexível e adaptável, novos desafios podem aparecer no caminho e você deve contorná-los!

Dica #5: Investir nas Soft Skills 

As soft skills são igualmente importantes hard skills e devem receber atenção durante os treinamentos também.

Enquanto as hard skills abordam habilidades adquiridas ao longo da vida, como em cursos técnicos ou universitários, as soft skills são habilidades comportamentais que as pessoas costumam desenvolver durante a vida, como liderança e comunicação interpessoal.

Porém, apesar de serem competências naturais, é possível despertá-las e aperfeiçoá-las com treinamentos corporativos personalizados para habilidades sociais.

Dica #6: Perguntar aos Colaboradores o que Precisam

Apesar do levantamento das necessidades de treinamento, leve em consideração coletar feedbacks dos colaboradores para saber quais são suas dificuldades no dia a dia da empresa.

Saiba também se há algum colaborador que deseja crescer dentro da empresa e quais habilidades ele gostaria de estar adquirindo. 

É importante saber ouvir seus colaboradores e isso também os estimula a participar das capacitações quando forem implementadas no negócio.

Dica #7: Adotar a Gamificação no Programa de Treinamento Corporativo

A gamificação tem sido amplamente utilizada em treinamentos corporativos para engajar e motivar os colaboradores por meio de estratégias de jogos comuns, como sistema de pontuação, ranqueamento e premiações.

Segundo a Review 42:

Sabendo que a gamificação está sendo bem aceita pelos colaboradores, o que acha de adotá-la nos treinamentos corporativos da sua empresa também? Inclusive, a gamificação, o mobile learning e o microlearning.

Enquanto a gamificação engaja os colaboradores, o microlearning possibilita que eles aprendam com explicações objetivas que auxiliam na fixação do conhecimento, e o mobile learning dá a chance de se desenvolverem em qualquer hora e lugar, basta ter um dispositivo móvel, como o próprio celular.

Você sabia que com a Niduu a sua empresa tem tudo isso

Com todas as dicas acima e o apoio de uma solução em treinamentos corporativos, o seu programa de capacitação de colaboradores será um grande sucesso na empresa, desenvolvendo e aperfeiçoando os colaboradores e conquistando grandes resultados para o negócio, não perca essa oportunidade e entre em contato com a Niduu agora!

Fonte: Niduu - Disseminando Conhecimento.


Comentar
Compartilhar