10 Maiores Tendências de RH para 2021

Estamos quase na virada de ano e há novas tendências de RH para 2021 batendo às portas! Com todas as mudanças corporativas que ocorreram nos últimos meses, algumas implementações continuarão em alta. Você sabe quais são?

Durante a pandemia da COVID-19, os negócios passaram a atuar de maneira remota e manter seus colaboradores em segurança através do distanciamento social e do home office.

Acredito que os profissionais de RH ainda tiveram o grande desafio de buscar soluções para criar processos virtuais assertivos e humanizados, como no caso da integração de novos talentos.

Apesar da pandemia ter pego todos os profissionais de surpresa, os resultados das soluções elaboradas pelo RH trouxeram mais efeitos positivos do que os processos tradicionais de longa data das empresas.

O ano está acabando e as tendências para 2021 já estão sendo pautadas. Então chega o momento de você conhecer quais são as implementações que perduram para o próximo ano e quais ações se tornam importantes no mundo pós-COVID.

Tendência #1: a casa é o novo escritório

No início da pandemia, diversas empresas migraram seus colaboradores para o home office como medida de segurança para combater a propagação do vírus e prezar pela saúde dos profissionais e seus familiares.

A medida foi bem aceita entre 89% dos colaboradores, segundo a Época Negócios, e outros dados também são analisados:

tendências de RH para 2021

Algumas empresas de grande porte já haviam percebido as vantagens do trabalho remoto, então mantinham colaboradores trabalhando remotamente desde antes da pandemia, como é o caso da Philips, da Dell e da Gol.

Logo, percebe-se que uma das tendências de RH para 2021 é manter o trabalho remoto ainda por algum tempo e usufruir dos seus benefícios.

Tendência #2: experiência do candidato e colaborador se torna essencial para reforçar o employer branding

Antes da pandemia, uma boa experiência do candidato e do colaborador eram diferenciais para o employer branding da empresa. Hoje, é essencial porque define como o mercado profissional enxerga o seu negócio como uma marca empregadora.

Você sabia que 95% dos candidatos analisam como o recrutador da sua empresa os encoraja durante a seleção? Por exemplo, eles ficam atentos para sentir se o responsável de recrutamento os coloca como concorrentes ou como um time.

Essa experiência já é suficiente para que o candidato decida se o seu negócio é uma boa marca empregadora, compartilhando sua experiência com outros profissionais, independente de ter sido escolhido para a vaga ou não.

Porém, depois da experiência como candidato há a experiência como colaborador, então dê atenção às necessidades de aprendizado de cada profissional, estimule a motivação da equipe e, sempre que possível, promova treinamentos corporativos na empresa.

Inclusive, para sempre aperfeiçoar os processos do negócio, adote a cultura de feedback entre os colaboradores e coloque em prática a planilha de recrutamento e seleção dos seus candidatos.

No mais, é preciso se lembrar que a experiência do candidato e do colaborador devem ser humanizados, assim como todo o setor de RH.

Tendência #3: A responsabilidade social é exigida 

A responsabilidade social cresceu no período de pandemia porque uma nova geração está chegando ao mercado e, com ela, a exigência de diversidade e inclusão de colaboradores nas empresas.

Portanto, alinhe a responsabilidade social da sua organização à cultura organizacional do negócio. Não é apenas uma exigência dos profissionais, mas dos consumidores também, que estão cada vez mais conectados às marcas apoiadoras de causas sociais.

Também é válido ressaltarmos que, apesar do mercado ser integrado por diversas gerações, atualmente o desejo dos colaboradores não tem tantas variações. Todos buscam por um propósito, querem ter bons líderes e almejam uma carreira profissional.

Como esse desejo é compartilhado entre gerações, profissionais de todas as idades possuem tendência a se unir, se conectando entre si e ao mundo que os cerca, e para encorajar isso sua empresa deve estimular os interesses em comum entre eles.

Tendência #4: processos de integração são feitos de maneira remota

Assim como nas integrações presenciais, onde havia etapas de onboarding para os recém-contratados se sentirem parte da equipe, o RH desenvolveu formas de tornar a integração remota igualmente eficaz:

  • Determinar as responsabilidades que os líderes têm na integração do novo talento;
  • Incentivar o buddy up entre colaboradores;
  • Acompanhar o desenvolvimento dos recém-chegados com indicadores de desempenho;
  • Fazer uso de ferramentas acessíveis para todos os colaboradores;
  • Encontrar uma plataforma online que simplifique a integração.

Com essas novas implementações, além de otimizar a experiência dos profissionais, a rotatividade de colaboradores, que gera altos custos para a empresa, também é combatida.

Além disso, com um checklist de integração de novos talentos você é capaz de realizar um onboarding remoto de sucesso.

Tendência #5: investir em colaboradores se torna fundamental para empresas se fortalecerem no mercado

2020 trouxe a tendência de treinamento corporativo online e essa é uma das tendências que continuarão em crescimento em 2021. 

Estas capacitações desenvolvem e aperfeiçoam as soft e hard skills dos seus colaboradores, formando profissionais de alto nível que otimizam a jornada de compra dos clientes da sua empresa.

Inclusive, em um mundo pós-COVID, haverá uma grande demanda por colaboradores que apresentem as habilidades do futuro, as quais ainda são escassas no mercado atual, mas devem ser prioridade nas capacitações. As principais competências são:

  • Conhecimento de dados - os colaboradores devem aprender a tomar decisões baseadas em dados e evidências apresentadas pelo negócio. Então precisam ter a capacidade de leitura, compreensão, criação e comunicação avançadas para gerar influência na tomada de decisões;
  • Visão de negócios - é fundamental que todos os colaboradores tenham conhecimento sobre as estratégias da empresa, tenham ciência sobre o perfil de clientes e conheçam muito bem o propósito do negócio. Tendo isso, os profissionais agregarão valor à companhia; 
  • Integração digital - com vários processos se tornando digitais, o RH faz parte dos departamentos que estão sendo otimizados pela tecnologia. Como os profissionais dessa área sempre lidaram com muita papelada e burocracias, poucos estão acostumados a digitalizar os processos, mas, no mundo atual, isso se torna preciso.

Se você tiver um RH com essas habilidades, você terá o futuro da sua empresa garantido no mundo pós pandemia.

Tendência #6: comunicar-se e compartilhar informações de maneira simplificada com os colaboradores

Você já deve ter se deparado com um quadro de avisos que o RH coloca informativos importantes para os colaboradores, não é mesmo? Quando há muita papelada envolvida e orientações que devem ser dadas constantemente, indicamos otimizar o processo.

A tecnologia é o futuro, portanto, chega a hora de digitalizar toda a papelada e contratar uma solução corporativa que disponibilize uma área em que você consegue compartilhar trilhas de conhecimentos sobre as regras, processos operacionais e orientações importantes da empresa para os colaboradores.

Aqui na Niduu, através da nossa plataforma de criação de conteúdos, é possível construir trilhas de conhecimento sobre cultura, procedimentos e até compliance, para que os colaboradores estejam sempre cientes e atualizados sobre as normas da empresa. Também é possível enviar notificações e pequenos informativos dentro do aplicativo.

Tendência #7: o profissional ganha autonomia pelo próprio espaço de trabalho

Depois dos profissionais passarem tanto tempo trabalhando em casa, em seu ambiente de conforto e que é a sua cara, o que acha de dar autonomia aos colaboradores para que eles personalizem o seu espaço de trabalho de acordo com seu gosto pessoal?

Inclusive, também dê independência aos profissionais para cuidarem dos processos de suas funções. Eles sabem de suas responsabilidades e obrigações para com o cargo e com a empresa, portanto, dê um voto de confiança e mensure os resultados. 

Essa tendência dará as caras em 2021 porque é uma técnica que, em teoria, visa melhorar a performance do colaborador através de suas tarefas, habilidades, propósitos, relações e seu bem-estar, o que chamamos de criação de empregos.

Tendência #8: são analisadas novas ações para mensurar os resultados da gestão de pessoas

Nós conhecemos a importância de mensurar as ações implementadas na empresa para compreender se estão trazendo resultados positivos ou não. Logo, há novas ações que serão tendência em 2021 e que também deverão ser mensuradas:

  • Avaliação de dados importantes - existem alguns dados que, apesar de serem importantes, o RH não os mensura como deveria. Bons exemplos disso são as necessidades de mensurar as lideranças da empresa e os treinamentos, desenvolvimentos e gerenciamentos de desempenho dos colaboradores.Uma vez que essas ações são mensuradas, o ROI será otimizado, assim como os resultados do negócio.
  • Redesenhar sistemas - a tendência para 2021 é redesenhar os sistemas da empresa a fim de coletar dados de todos os setores do negócio. Você pode optar por escolher um software que te auxilie nessa coleta de informações ou realizá-la periodicamente, como você achar melhor, o importante é fazer.
  • Capacidades HRBP - os responsáveis pelo Human Resources Business Partner entram em cena para analisar os dados e insights da gestão de pessoas e fazer mudanças positivas ocorrerem na empresa.Esses profissionais devem ter grande capacidade de leitura, compreensão e comunicação para informar sobre os dados e resoluções de suas problemáticas.

Colocando essas ações em prática no próximo ano, o seu RH será aperfeiçoado e as análises serão otimizadas.

Tendência #9: people analytics em alta

É verdade que o people analytics já é muito falado nas empresas, porém, no setor de RH especificamente, ele nunca foi aprofundado. Por exemplo, um dado da Harvard Business Reviews mostra que apenas 5% das empresas investem o Big Data no RH.

Com o people analytics em prática no departamento de Recursos Humanos, é possível:

tendências para 2021

Então apesar do people analytics já ser uma prática comum entre as corporações, achamos que chegou o momento de implementá-la no seu negócio, não é mesmo? 

Tendência #10: remodelação do departamento de Recursos Humanos

Em um mundo pós-COVID, é necessário que o departamento de Recursos Humanos se adapte ao “novo normal”, se tornando inevitável a remodelação de seus processos.

Enquanto algumas implementações trouxeram melhores resultados para a empresa, outras ainda estão em adaptação e necessitando de melhorias, como é o caso da gestão de pessoas, que se torna mais difícil quando os colaboradores estão trabalhando de maneira remota.

Alguns negócios vêm estimulando a cultura da união onde, para continuar encorajando o sentimento de equipe e o contato dos colaboradores, fazem happy hours e coffee breaks em encontros virtuais por videoconferência.

No próximo ano, é esperado que novas soluções corporativas surjam para motivar a interação dos profissionais remotos, realizando atividades de integração e estimulando a criação de vínculos entre os colaboradores novos e antigos.

Em um momento de incertezas e mudanças, o RH precisa estar preparado para suprir dúvidas e inseguranças das equipes. Esse departamento está na linha de frente de novas adoções, adaptações e suporte aos colaboradores.

A Forbes publicou um artigo onde divulga as ações que uma empresa americana tomou frente à pandemia:

  • Forneceu afastamento para todos os colaboradores do grupo de alto risco, que continuaram recebendo sua remuneração normalmente;
  • Aos profissionais que recebem menos de US$ 100.000,00 anuais, a empresa enviou um apoio financeiro isento de impostos no valor de US$ 1.200,00;
  • Se responsabilizaram pelo fornecimento e pagamento dos testes de COVID de todos os colaboradores do negócio;
  • Psicólogos foram contratados para prestar suporte gratuito aos profissionais da empresa;
  • Prestarem apoio ao cuidado infantil para famílias que tinham filhos pequenos;
  • E muito mais.

O RH é o departamento mais humanizado da empresa e deve priorizar os colaboradores do seu negócio. Portanto, prepare-se para remodelar o RH e atender às novas necessidades do mercado e de seus profissionais.

Considerações finais sobre as tendências de RH para 2021

As tendências do próximo ano são ações para adaptar e otimizar a sua empresa em um mundo corporativo que está sendo remodelado devido a pandemia da COVID-19, que tem tornado processos presenciais em remotos e mantido seus colaboradores em casa.

Como visto, há ações que já estão em alta nas empresas e gerando resultados positivos, como também há ações que ainda estão entrando em vigência e que também servirão para melhorar os processos do negócio, evitando que sua empresa seja deixada para trás no mercado.

Se a sua empresa tem sentido dificuldade em implementar essas ações, entre em contato com os especialistas da Niduu e conheça as soluções que ajudam você, os seus profissionais e os processos da sua empresa a se adaptarem ao “novo normal” do mercado.

As tendências de RH para 2021 estão chegando e a sua companhia deve acompanhá-las!

Por fim, para conhecer mais sobre a relação da educação corporativa e a jornada para o digital, assista ao nosso webinar aqui!

Fonte: Niduu - Disseminando Conhecimento.


Comentar
Compartilhar