3 Exemplos de Programas de Integração para Novos Talentos

Nós sabemos que conhecer exemplos de Programas de Integração, além de reforçarem a Cultura Organizacional da empresa,  são processos importantes para garantir a união da equipe, principalmente quando há adição de um novo membro ao time.

Porém, também sabemos que o desemprego está em constante crescimento devido a crise do coronavírus, como afirma a pesquisa realizada pela Globo, e cada vez mais os colaboradores que fazem parte da equipe se sentem inseguros em seus empregos.

Dito isto, achamos importante explicar que a integração também tem a função garantir o sentimento de segurança no trabalho aos seus profissionais, inclusive àqueles que estão sendo contratados durante a pandemia.

No entanto, será que a sua companhia sabe como fazer o onboarding de forma efetiva? Aqui, falaremos da importância da integração, como o responsável pela liderança das equipes pode auxiliar nisso e maneiras de colocar este processo em prática!

O que são Programas de Integração?

Programas de Integração são etapas de adaptação simplificadas para talentos recém contratados se sentirem parte da equipe e conhecerem mais sobre a empresa como um todo.

Dentro destas etapas, é possível que os novos colaboradores aprendam:

  • Princípios, metas e objetivos da sua companhia.
  • Competências e habilidades necessárias para desenvolver bem as funções do cargo.
  • Atitude e comportamento esperado dos profissionais em relação aos negócios e clientes.
  • Dinâmica das equipes e onde o seu trabalho se encaixa no desenvolvimento dos serviços da empresa.
  • À quem se devem reportar caso dúvidas acerca de suas funções surgirem, assim como à quem devem se reportar em caso de desagrado entre os colaboradores que integram a mesma equipe.

Exemplos de Programas de Integração

É importante, também, ressaltarmos que, nos processos de integração, todos os membros do time participem, esses podendo dar suporte e auxílio profissional para o recém contratado.

Dito isto, se torna interessante haver uma Psicologia Organizacional bem estabelecida, que promove um ambiente de trabalho saudável, respeitoso e seguro para todos os colaboradores da sua empresa.

Mas afinal, qual a importância e benefícios do novo talento participar do onboarding?

Qual a Importância de Programas de Integração na sua Empresa?

Imagine que você esteja começando um novo emprego hoje, será o seu primeiro dia na empresa e, além de não conhecer ninguém com quem trabalhará junto, também não conhece a companhia como um todo, desde seus princípios até instalações.

Porém, logo que você entra no local, há uma pessoa para te auxiliar, apresentar os colaboradores e tudo o que você precisa saber sobre a empresa, cargo e funções, dando a liberdade de fazer perguntas e tirar dúvidas.

Isso torna a adaptação muito mais simples, não é mesmo? Pois então, essa é a principal importância de programas de integração, fazer o novo integrante se sentir parte da equipe, valorizado e acolhido.

Você já consegue imaginar os benefícios que são conquistados quando isso acontece? Veja:

  • O engajamento do novato com a empresa aumenta, assim como a produtividade e motivação.
  • A taxa de absenteísmo minimiza uma vez em que os profissionais se sentem seguros, valorizados e unidos em um ambiente de trabalho saudável.
  • É possível reter mais talentos, diminuindo a taxa de turnover da sua empresa. 
  • O onboarding possibilita às equipes e aos novos contratados se conhecerem, fortalecerem as relações interpessoais e crescer em conjunto, consequentemente, otimizando o Clima Organizacional da empresa.
  • Desperta o sentimento de pertencimento, valorização e reconhecimento, reforçando a ideia de que tal membro é importante para a empresa, garantindo a segurança de que este colaborador precisava para se sentir resguardado em seu cargo.
  • A qualidade de atendimento ao cliente aumenta assim que os integrantes da companhia se sentem satisfeitos e felizes com os seus trabalhos.
  • Planos de carreira podem ser adotados pela empresa a partir do momento em que é possível conhecer os seus profissionais na integração.

No entanto, você já viu que todo o onboarding de novos talentos necessita de uma pessoa de dentro da empresa para aplicar e acompanhar as etapas, certo? Esse é o papel do líder.

O Papel do Líder no Programa de Integração

Quando falamos sobre o papel do líder na adoção de programas de integração, estamos falando de uma figura de referência no setor em que o novo contratado integrará.

Em outras palavras, o líder é um profissional que entende dos processos e que dá exemplo aos colaboradores, sendo o membro adequado para apresentar o setor e os outros integrantes da equipe para o recém chegado.

Claramente, para que as etapas do onboarding sejam executadas com excelência, é preciso que este profissional de liderança esteja envolvido e preparado para o processo. 

Afinal, ele deverá:

  • Apresentar;
  • Orientar;
  • Tirar dúvidas;
  • Dar e receber feedbacks;
  • Elaborar estratégias e dinâmicas;
  • Ser o suporte que os novos talentos precisam para se desenvolverem em seu novo cargo.

Vamos dar um exemplo do papel do líder no programa de integração? 

Digamos que você é o novo integrante da equipe e tem dúvidas sobre a cultura da empresa. É responsabilidade do líder explicar. Assim como se houver alguma situação desagradável que envolva você com um colaborador antigo, é responsabilidade do líder resolver.

O papel da liderança no momento do onboarding é importante por isso, é este profissional que se manterá em contato direto com o novo integrante do time, sendo a figura que estará dando suporte para que a inclusão seja realizada com eficiência.

Portanto, quando o novo talento se sentir sozinho entre os colaboradores, inseguro de suas decisões ou quaisquer outros sentimentos que possam comprometer sua produtividade e desenvolvimento, basta procurar o líder.

Para saber como treinar os líderes do seu negócio, entre em contato com a Niduu e conheça as melhores soluções de capacitação online.

Exemplos de Programas de Integração e o líder

Exemplos de Programas de Integração na Prática

Abaixo, você poderá aprender 3 maneiras de realizar as etapas de programas de integração de novos colaboradores. 

1. Início da Integração no Momento da Contratação 

Há quem diga que a integração deve se iniciar logo que a contratação do novo colaborador for formalizada, sendo da forma descrita a seguir.

Antes do Primeiro Dia

Indicamos reunir informações sobre a empresa, como sua cultura, missão, valores e dados importantes para enviar para o e-mail do novo membro antes do primeiro dia. 

Com isso, ele já chegue com conhecimento acerca do negócio, não o sobrecarrega em um momento inicial.

Além disso, se a sua empresa recebe currículos por formulários do site próprio, uma opção é adicionar as informações ditas acima de forma acessível aos interessados em se candidatar.

Assim, apenas profissionais que estejam de acordo com os princípios da sua companhia enviam o currículo, dando andamento ao processo de recrutamento e seleção.

Aqui deixamos uma planilha que pode auxiliar você a tornar este processo mais simples.

Aliás, é importante que o líder garanta as seguintes coisas, que são importantes, para o primeiro dia do novato, como:

  • Configurar o computador e o e-mail que ele trabalhará.
  • Prepare seu espaço de serviço, como sua mesa e uma placa de identificação.
  • Forneça guias para utilização de ferramentas de trabalho.


No Primeiro Dia

Uma vez em que o novo integrante chega para o primeiro dia de trabalho conhecendo os detalhes essenciais da sua empresa e sentindo que tem seu espaço ali, é possível focar em outras informações fundamentais para que o dia flua.

A liderança deve aproveitar para falar sobre detalhes logísticos e também dar dicas rápidas para ele, como:

  • Onde estacionar;
  • Onde os banheiros ficam localizados.
  • Qual seu horário de almoço e onde poderá comer.
  • Onde fica a impressora ou outras ferramentas importantes de trabalho.

O líder deve estar sempre disposto a tirar dúvidas do novo membro da equipe, se preocupando com sua inclusão no time

Sua empresa possui Avaliação de Desempenho? Peça ao profissional da liderança explicar isso no final do expediente, para que, no próximo dia, o colaborador já comece se focando no que é realmente importa!

Depois do Primeiro Dia

A integração não acaba no primeiro dia, ele é uma prática constante e pode perdurar vários meses até o colaborador se sentir, de fato, inserido na equipe e, inclusive, capaz de desempenhar suas funções com destreza.

Logo, incentive a Cultura de Feedbacks, onde o líder deve saber dar e receber comentários, motivando os profissionais a fazerem o mesmo. 

2. Integração em Etapas Essenciais 

Aqui, você terá a possibilidade de aprender a integração em etapas específicas e com o acompanhamento do líder direto, orientando, guiando e se mostrando à disposição para o novo colaborador, confira.

1. Missão, Visão e Valores

Para todos os colaboradores, principalmente os que estão chegando agora, é importante conhecer a missão, visão e valores da sua companhia. 

Inclusive, o líder deve mostrar na prática como está o andamento da missão do seu negócio, como os valores são adotados no dia a dia e como a visão é enxergada e alcançada pelos profissionais.

É possível elaborar uma declaração de missão, visão e valores para os novos ingressados, assim como disponibilizar uma cópia para aqueles que já faziam parte da empresa.

Além disso, a liderança deve contar a história do empreendimento, como tudo surgiu, os desafios que foram enfrentados ao longo dos anos e as vitórias.

2. Apresentar as Instalações da Empresa

Não basta apresentar os princípios da empresa, é preciso mostrar suas instalações e ferramentas também, como já visto no onboarding anterior, como onde está localizado os banheiros, o refeitório, a impressora, entre outros.

Muitas vezes o novo integrante tem vergonha de perguntar, então isso acaba se tornando tarefa do líder, tornando os primeiros dias do recém contratado mais produtivos e com menos nervosismo.

3. Tirar Dúvidas

Continua sendo responsabilidade do líder tirar dúvidas do colaborador que acabou de ingressar na companhia. 

Podem ser dúvidas acerca da sua própria função ou dúvidas sobre os benefícios do cargo, a questão é que, independente da origem da dúvida, a liderança deve estar preparada para fornecer este suporte.

Inclusive, já adiante ao explicar os termos utilizados dentro das equipes e possíveis jargões e siglas. 

É fundamental que o recém contratado aprenda o “dialeto” do negócio para se sentir parte da equipe, evitar que falhas sejam cometidas por falta de entendimento e tornar os processos mais simples.

4. Eventos e dinâmicas de Integração

No início do artigo, falamos como a integração é importante não apenas para o novo talento, mas também para o time inteiro se sentir seguro e unido.

Pois então, os eventos e dinâmicas de onboarding servem para isso, como coffee breaks,  happy hours ou atividades ao ar livre que desperte a curiosidade de todos.

No entanto, com uma pandemia acontecendo, este processo pode ser feito online, incentivando chamadas de vídeo descontraídas no momento do café da tarde ou, até mesmo, buscando por aulas que equipe possui interesse em comum, por exemplo, uma aula de inglês que todos os membros queiram participar.

Essa última etapa será um agregador de valor a todos os profissionais da equipe, em especial quando há um novo integrante.

3. Integração Simplificada

A integração simplificada não possui etapas, como as anteriores. Aqui, se acredita que o onboarding acontece inevitavelmente, havendo um processo específico dentro da empresa para isso ou não, veja essas 2 opções:

  • O RH realiza uma apresentação rápida sobre a companhia e o líder apresenta o novo colaborador para os colegas, assim como funções do cargo e instalações.
  • A integração acontece naturalmente, assim que o recém chegado estabelecer contato com os outros profissionais da empresa.

Por mais que esta integração simplificada pareça rasa, é possível se atentar aos detalhes para que tudo ocorra com efetividade, por exemplo:

  • No momento da seleção de novos candidatos, é importante eles terem acesso às informações relevantes da empresa e a Cultura Organizacional também para que, assim, já cheguem no primeiro dia com um conhecimento acerca do negócio.
  • A Cultura Organizacional da empresa precisa estar sempre disponível para todos os colaboradores.
  • O RH tem, como responsabilidade, guiar o novo talento em processos burocrático, como exames admissionais e entrega de documentos. 
  • O líder deve deixar a bancada de trabalho do recém contratado arrumada, com materiais, ferramentas e crachá de identificação à disposição.
  • Antes da chegada do novo colaborador, a liderança do setor pode optar por enviar um e-mail aos demais profissionais para anunciar a chegada de um novo membro, promovendo uma celebração para incentivar o onboarding.
  • O líder não consegue se manter à disposição do recém chegado para tirar dúvidas ou explicar os processos? Tenha alguém como segunda opção e que compreenda bastante das funções do novato.

Inclusive, lembre-se que a integração de um novo colaborador é um dos processos mais humanizados da companhia.

Por fim, não vamos deixar de ressaltar a importância do Departamento de Recursos Humanos no processo de integração, acompanhando o desenvolvimento do novato na empresa.

Niduu no Programa de Integração

A Niduu é uma solução de treinamentos corporativos gamificados e possui um aplicativo que se baseia nas seguintes metodologias de ensino e engajamento:

Exemplos de Programas de Integração coma Niduu

Por ser uma plataforma útil para a capacitação e desenvolvimento de pessoas, é possível ser aplicada nos processos de RH e T&D, como nos programas de integração.

Neste caso, sua empresa pode reduzir os dias de onboarding presenciais ao se transferir os materiais de apresentação institucional para o aplicativo da Niduu, onde o conteúdo se tornará simples e objetivo para os novos talentos se engajarem com o seu negócio, incluindo:

  • Código, Conduta e Ética da empresa;
  • História da Empresa;
  • Manuais;
  • Procedimentos Operacionais (POPs);
  • Orientações sobre Segurança do Trabalho.

Portanto, uma vez que os novos colaboradores possuam estes materiais na palma da sua mão, por meio do aplicativo Niduu, eles têm a chance de realizar as atividades que o cargo exige com excelência, bem treinados e engajados com sua empresa.

Agora que você aprendeu outros exemplos de programas de integração, opte pelo que melhor se encaixa no perfil da sua companhia e conte com as soluções da Niduu para treinamento de líderes, colaboradores e novos talentos!

Fonte: Niduu - Disseminando Conhecimento.

Niduu Somos uma startup de Educação Corporativa com uma solução que consegue treinar todos os colaboradores de qualquer nível de forma contínua, dinâmica e efetiva com base na Microlearning, Mobile Learning e Gamificação.

Comentar
Compartilhar